Espanto ou mudança?

“Não é este o que exterminava em Jerusalém os que invocavam o nome de Jesus e para aqui veio precisamente com o fim de os levar amarrados aos principais sacerdotes?”
Atos 9:21

Como perseguidor da Igreja, Saulo ia para Damasco com o objetivo de continuar a perseguição aos crentes.

No caminho, Deus fez brilhar sobre ele uma forte luz do céu que o lançou por terra e o transformou radicalmente aos pés de Jesus.

Os companheiros que iam com Saulo pararam espantados, ouvindo a voz mas não vendo ninguém.

Não lemos que estes homens fossem convertidos; até onde sabemos, continuaram no seu caminho.

Lemos que eles somente pararam enquanto Saulo foi prostrado em terra pelo poder dessa luz. Eles se mantiveram de pé, enquanto Saulo estava caído sobre o seu rosto!

Estes homens pararam espantados; espantados mas não humilhados; admirados mas não convertidos; ouvindo a voz, mas não querendo obedecê-la; vendo a luz mas preferindo as trevas do seu próprio caminho e desejos.

Muitos há que se têm espantado ao ver o poder de Deus em operação, têm sido obrigados a parar para contemplar a maravilha, mas apenas como uma pausa no caminho.

Pense

Temos o quadro de uns “cegos”, que pensavam ter luz, guiando um “cego” que tinha a luz do céu no seu coração.

Fonte: Luz para o caminho