Tema: Por que os relacionamentos saudáveis são importantes?

Texto: Salmo 133

Analogia: “Barbie no castelo de diamante”

- Conceito de fé: Acreditar em algo real ainda que não seja visível.

- Conceito de relacionamento: amizade (principalmente dentro da igreja).

Referência ao Salmo 133.1: “Como é bom e agradável quando os irmãos convivem em união”.

- Muitas vezes ignoramos tais preceitos, mesmo sabendo que tal comportamento é agradável diante de Deus.

- Mateus 12.25: “Jesus, conhecendo os seus pensamentos, disse-lhes: “Todo reino dividido contra si mesmo será arruinado, e toda cidade ou casa dividida contra si mesma não subsistirá.” Nós não permaneceremos enquanto estivermos separados.

Referência ao Salmo 133.2: “É como óleo precioso derramado sobre a cabeça, que desce pela barba, a barba de Arão”.

- O óleo era usado como tratamento e unção; assim também devem ser os relacionamentos, precisam ter um caráter terapêutico. Devemos lembrar que somos chamados por Deus para levarmos a cura para as outras pessoas; porém muitas vezes deixamos de fazê-lo quando temos raiva e ira em nossos corações.

Referência ao Salmo 133.3: “É como o orvalho do Hermom quando desce sobre os montes de Sião. Ali o Senhor ordena a sua bênção da vida para sempre.”

- O orvalho tornava o monte abençoado e ricamente frutífero, logo assim também deve ser aplicado para nós, deve haver restauração. O orvalho também é símbolo da presença restauradora de Deus (Os 14.5), assim nossos relacionamentos também devem ter e prover restauração. Temos que ter em mente que se não obedeço ao que está escrito, acabo por prejudicar a obra de Deus. Trata-se de uma situação muito grave, pois Deus deseja ordenar a sua benção através de nós.

- Relacionamentos saudáveis não quer dizer que não ocorrerá mais conflitos, pois temos consciência de que somos imperfeitos, temos nossas próprias falhas e defeitos que acabamos levando para os nossos próprios relacionamentos. O ideal é que por nosso amadurecimento cristão, nós possamos resolver os conflitos ainda que outros possam vir a aparecer; e dessa forma promover o crescimento espiritual em união. Trata-se de um crescimento qualitativo de todos.

Finalização: “historinha do Samuelito.”

-Um menino que nunca tinha ido para a cidade que queria comprar alguma coisa, mas não sabia o que. Ao entrar em uma loja o dono lhe vendeu um guarda-chuva, dizendo que o mesmo o protegeria contra as chuvas. No caminho de volta para o campo, uma chuva começou a cair, porém ele não sabia como usar tal instrumento novo. A ajuda então veio através de uma pessoa que o vendo nessa difícil situação o ajudou, ensinando-o a usar. Samuelito então ficou maravilhado com a sua descoberta e foi feliz de volta para sua casa.

- Aplicação: Muitas vezes temos os ensinamentos em nossas mãos (Palavra de Deus), mas não sabemos usar. Portanto, devemos procurar estreitar os nossos relacionamentos com Deus, buscando mais de seus ensinamentos e aplicando-os em nossas vidas.