Assim como o Pai, que vive, me enviou, e eu vivo pelo Pai, assim, quem de mim se alimenta, também viverá por mim. (João 6:57)

Vivemos em virtude de nossa união com o Filho de Deus. Como Deus-homem Mediador, o Senhor Jesus vive pelo auto-existente Pai que o enviou, e da mesma forma vivemos pelo Salvador que nos vivificou. Aquele que é a fonte de nossa vida também é seu sustentador. A vida é mantida pelo alimento espiritual, e esse alimento espiritual é o Senhor Jesus. Não Sua vida, Sua morte, Seus ofícios, ou Sua obra unicamente, mas sim ELE mesmo, que incluem todas essas coisas. De Jesus, Dele mesmo, nos nutrimos.

Isso é explicado a nós na Ceia do Senhor, porém o desfrutamos na prática quando meditamos em nosso Senhor, quando cremos Nele com uma fé possuidora, quando recebemos Ele com amor, e assimilamos Ele pelo poder da vida interior. Sabemos o que é se alimentar de Jesus, mas não podemos dizer nem descrevê-lo. Nosso caminho mais sábio é praticar, e fazer isto mais e mais. É requerido que comamos abundantemente, e será para nosso infinito beneficio, pois Jesus é nossa comida e nossa bebida.

Senhor, dou-Lhe graças porque isso, que é uma necessidade para minha vida, é também meu maior deleite. Portanto, nesse momento, eu alimento-me de Ti!

Charles H. Spurgeon